terça-feira, 4 de abril de 2017

PARATY CONTINUA COM O NOME SUJO NA PRAÇA E MUITO MAIS...

A cidade de Paraty/RJ está assolada por crimes bárbaros em bairros da periferia, apreensões de drogas e armas, assaltos à mão armada no centro histórico e manifestações e protestos contra todo o tipo de mazela que aflige o paratiense e turistas. 

Enfim, diante de todas e atuais matérias jornalísticas negativas que permeiam a pauta dos principais veículos de comunicação do país e que comprometem a imagem da cidade de Paraty, considerando ainda a apatia e incompetência do poder público municipal em realizar ações para fazer frente ao caos instalado na cidade, quando o próprio estado do Rio de Janeiro encontra-se mergulhado numa crise financeira sem precedentes e suas lideranças políticas, grandes empresários e até conselheiros do TCE-RJ são presos por corrupção, este blog decidiu não publicar mais nenhuma notícia que ajude a piorar o quadro negativo e degradante já instalado e aguardar uma simples providência do gestor público municipal para tentar melhorar a situação. A providência é a seguinte:

LIMPAR O NOME SUJO DO MUNICÍPIO
  • Emitir a Certidão negativa ou positiva com efeitos de negativa relativa a tributos federais, a contribuições previdenciárias ou à Dívida Ativa da União.
  • Publicar o Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do Executivo referente ao 3º quadrimestre de 2016 no prazo de até 30 dias após o encerramento de cada quadrimestre (prazo já expirado), em atendimento ao disposto nos arts. 54, 55 e 63, inciso II, alínea "b", da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000.
  • Publicar os Relatórios Resumidos da Execução Orçamentária (RREO) do Executivo referentes ao 6º bimestre de 2016, no prazo de até 30 dias após o encerramento deste bimestre (prazo já expirado), em atendimento ao disposto nos arts. 52 e 53 da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000.

Nenhum comentário:

Postar um comentário