segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Prefeito de Paraty/RJ nomeia parentes

Depois de ter afirmado categoricamente em seu programa eleitoral de nº. 5 (VER VÍDEO ABAIXO) que ninguém da sua família ou da família do seu vice-prefeito trabalharia no seu governo, o até então candidato e agora prefeito de Paraty, nomeou no dia 20 de fevereiro de 2013, por intermédio da PORTARIA N°. 0187/2013 (acesse o link), o seu primo-irmão para o Cargo em Comissão de Assessor de Transportes, da Secretaria Saúde e Defesa Civil, e ainda retroativo a 02 de janeiro do ano em curso. 
E por intermédio da PORTARIA N°. 0226/2013 (acesse o link), de 18 de janeiro de 2013, contratou pelo período de 12 (doze) meses, a irmã do seu vice.


sábado, 16 de fevereiro de 2013

Paraty e o PRODETUR/RJ

O Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo - PRODETUR tem o objetivo de financiar os estados e municípios brasileiros, no desenvolvimento de projetos de recuperação e de valorização de atrativos turísticos públicos, desde que de acordo com o Plano Nacional do Turismo. São programas e projetos em âmbito nacional, que contam com recursos financeiros internacionais, que estão baseados na consolidação das ações nas áreas das municipalidades de pólos de turismo já consolidados em programas anteriores e nos novos pólos criados, com o objetivo de tornar o turismo sustentável nessas áreas e a proporcionar benefícios à população local.
Dentro deste programa Paraty/RJ está contemplado com 4 ações, duas consultorias e duas obras, com valor total orçado de US$ 7.450.000,00 (7,45 milhões de dólares americanos).

Consultorias (elaboração de projetos executivos):
Projeto Executivo do Centro Cultural, Eventos e de Exposições de Paraty;
Projeto Executivo da Drenagem do Centro Histórico, Urbanização da Orla e Cais.
Obras de Infraestrutura:
Implantação de Centro Cultural, Eventos e de Exposições de Paraty;
Drenagem do Centro Histórico, Urbanização da Orla e Cais.
Veja abaixo a tabela referente ao Plano de Aquisições do Programa contendo apenas as 4 ações destinadas à Paraty/RJ. Importante ressaltar que o Projeto Executivo do Centro Cultural, Eventos e de Exposições de Paraty já foi finalizado e a entrega da obra está prevista para julho de 2015.
Já o Projeto Executivo da Drenagem do Centro Histórico, Urbanização da Orla e Cais tem prazo de entrega estimado para maio de 2014 e a obra para julho de 2015.

Fonte: BID.
Clique aqui, Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR) - Rio de Janeiro, e acesse o relatório com o status de progresso do programa.



Paraty e o PRODETUR/RJ

O Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo - PRODETUR tem o objetivo de financiar os estados e municípios brasileiros, no desenvolvimento de projetos de recuperação e de valorização de atrativos turísticos públicos, desde que de acordo com o Plano Nacional do Turismo. São programas e projetos em âmbito nacional, que contam com recursos financeiros internacionais, que estão baseados na consolidação das ações nas áreas das municipalidades de pólos de turismo já consolidados em programas anteriores e nos novos pólos criados, com o objetivo de tornar o turismo sustentável nessas áreas e a proporcionar benefícios à população local.
Dentro deste programa Paraty/RJ está contemplado com 4 ações, duas consultorias e duas obras, com valor total orçado de US$ 7.450.000,00 (7,45 milhões de dólares americanos).

Consultorias (elaboração de projetos executivos):
Projeto Executivo do Centro Cultural, Eventos e de Exposições de Paraty;
Projeto Executivo da Drenagem do Centro Histórico, Urbanização da Orla e Cais.
Obras de Infraestrutura:
Implantação de Centro Cultural, Eventos e de Exposições de Paraty;
Drenagem do Centro Histórico, Urbanização da Orla e Cais.
Veja abaixo a tabela referente ao Plano de Aquisições do Programa contendo apenas as 4 ações destinadas à Paraty/RJ. Importante ressaltar que o Projeto Executivo do Centro Cultural, Eventos e de Exposições de Paraty já foi finalizado e a entrega da obra está prevista para julho de 2015.
Já o Projeto Executivo da Drenagem do Centro Histórico, Urbanização da Orla e Cais tem prazo de entrega estimado para maio de 2014 e a obra para julho de 2015.

Fonte: BID.
Clique aqui, Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR) - Rio de Janeiro, e acesse o relatório com o status de progresso do programa.



terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Casa e Cidade Digital


Não custa nada lembrar que até o dia 5 de abril de 2013 muitos Ministérios estão abertos para cadastramento de municípios interessados em pleitear recursos para pavimentação, saneamento, habitação, esporte e até mesmo acesso à internet para comunidades longínquas.
Tudo é realizado pelo site dos Ministérios: cadastramento, orientações para elaboração de projetos, cumprimento de prazos, etc.
Municípios de até 50 mil habitantes podem acessar o site do MCidades para obter recursos do Programa “Minha Casa, Minha Vida”.
No Ministério das Comunicações, recursos para implantar projeto “Cidade Digital”.
CLIQUE NOS NOMES DOS MINISTÉRIOS ACIMA E CONFIRA!!!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

E o cordão dos puxa saco...


Um principado visto por seus próprios olhos deve ser o reflexo dos olhos do povo, pois aos olhos de um cortesão, a adulação, a bajulação e a falsidade da vida política poderão acalentar um relato muito distante da realidade. 

"Não quero deixar de abordar uma questão que reputo de importante e um erro do qual os príncipes com dificuldade se guardam, se não são prudentes ou se não têm cuidado nas escolhas que fazem. Trata-se dos aduladores, espécie de que as cortes se encontram cheias. É que os homens comprazem-se de tal modo com as coisas que lhes dizem respeito e de um modo tão ilusório, que só muito dificilmente se precavem contra esta peste. E querendo precaver-se, corre o risco de se tornar desprezível. Porque não tendes outro modo de vos protegerdes da adulação a não ser logrando convencer os outros homens de que vos não ofendem dizendo a verdade. Todavia, quando alguém vos diz a verdade, sentis a falta da reverência. Consequentemente, um príncipe prudente deve dispor de uma terceira via, escolhendo no seu estado homens sábios, devendo só a esses conceder livre arbítrio para lhe falarem verdade. E, apenas, sobre as coisas que lhes perguntardes, não de outras. Mas deve fazer perguntas sobre todas as coisas, ouvir as suas opiniões e, depois, decidir por si próprio, a seu modo. E com estes conselhos e com cada um dos conselheiros, portar-se de maneira que cada um deles perceba que, quanto mais livremente falar, tanto mais será pelo príncipe bem aceite. Fora disto, não dar ouvidos a ninguém, cumprindo com determinação as suas deliberações. Quem procede de maneira diferente, ou se deixa perder nas mãos dos aduladores ou está constantemente a mudar de opinião, conforme os pareceres que ouve, empobrecendo a estima que lhe é tributada". Nicolo Maquiavel, in 'O Príncipe'.